GATE 14


Act For Women

Este belíssimo vídeo feito pela Anistia Internacional contra o abuso da violencia contra as mulheres.

Clique abaixo e assista. ou entra aqui e veja o site One Man Fight.

 



Escrito por Sardinha às 23h02
[   ] [ envie esta mensagem ]




Cruz Vermelha

A Cruz Vermelha tem um programa de voluntariado muito interessante como segue o texto extraido do site da Cruz Vermelha.

Cruz Vermelha é uma instituição de socorro voluntária que tem por finalidade prevenir e atenuar os sofrimentos humanos. O Voluntariado representa um dos sete Princípios Fundamentais, seguidos pelas 185 Sociedades Nacionais de Cruz Vermelha no mundo. Os outros princípios são: Humanidade, Imparcialidade, Neutralidade, Independência, Unidade e Universalidade.
Definição


O Voluntário é a pessoa que coopera com a Instituição de diversas formas, sem procurar lucro ou recompensa, mas com a convicção de que age para o bem da comunidade, procurando, com isso, alguma satisfação.


Neste sentido, a Cruz Vermelha acolhe e encoraja o oferecimento de pessoas que desejem, voluntariamente, colaborar com a Instituição. O Voluntariado assume, neste contexto, uma posição de suma importância, transversal, apoiando projetos e ações que se desenvolvem a diferentes níveis da Cruz Vermelha.

Para saber mais detalhes e se inscrever clique aqui



Escrito por Sardinha às 22h48
[   ] [ envie esta mensagem ]




O mundo além do meu umbigo

Thomas L. Friedman é um importante economista americano. Em seu mais recente livro, “O mundo é plano”, ele faz uma competente análise sobre os efeitos da globalização na aproximação das sociedades globais e seus efeitos positivos sobre a população de diversos países. Fato. Porém, por mais importante que tenha sido esse processo social e econômico, minha impressão é que vivemos cada vez mais em um mundo egoísta, egocêntrico, indiferente a situações que não nos dizem respeito. E nós, Brasileiros, estamos cada vez mais inseridos nesse contexto.

Quer um exemplo? Pergunte ao seu irmão, ao seu amigo, à sua namorada, que recitem o que sabem sobre os principais conflitos atualmente no mundo. Situações onde irmãos são forçados a se matarem e garotas são estupradas. No máximo uma menção ao Iraque, ao Líbano. Mas alguém realmente se importa com isso?

Por incrível que pareça, o século XXI parece começar a trilhar o mesmo caminho do seu predecessor em relação à imensa quantidade de conflitos bélicos das mais diferentes qualidades para os mais diferentes (des)gostos. A grande maioria conflitos de menor escala, em regiões pouco conhecidas, em realidades pouco televisionadas. Invisíveis, porém mortais.

Se o Iraque nos parece longe, imagine lugares como Sri Lanka, Timor Leste, Somália. Não sabemos, não ligamos, não nos importamos. Mas a realidade é que o ser humano tem em seus genes e em seu subconsciente uma dose de agressividade sobre a qual pode fatalmente perder o controle. E nesse momento, sem amarras e com uma arma na mão, a consciência vira história. E mais um corpo cai no chão.

Um dos palcos mais corriqueiros dessas carnificinas é atualmente a África. Dominação colonial equivocada, abusos, fome, disputas étnicas ou religiosas. Escolha uma causa e aponte o dedo no mapa, e as chances são grandes que você encontre um país como o Congo, onde em Darfur conflitos étnicos mataram mais de 180 mil e desalojaram outras 2 milhões de pessoas (voltarei a esse conflito na semana que vem em maiores detalhes). Ou então, inocentemente, seu dedo pode acabar pousando na Somália.

Localizada no Chifre da África, como a região é chamada, a Somália é uma experiência mal-sucedida do laboratório sociológico da região. Um Estado falido, dividido em pedaços.

Clãs de senhores da Guerra que dominavam o país perderam recentemente a capital, Mogadício, para um grupo de milícias islâmicas sob o nome de Conselho das Cortês Islâmicas. Isso sem contar a insustentável situação regional, com a Etiópia sob um governo opressor e alérgico à movimentos Islâmicos e à beira do conflito com seu inimigo histórico, a Eritréia. Há 15 anos a anarquia se instalou na região, desde que o presidente Siad Barre foi retirado do poder em 1991. Puntland, no nordeste do país, é um estado autônomo. Somalialand, ao norte, adoraria seguir esse caminho. E as experiências de intervenção militar direta na região não são nem um pouco saudosas (quem não viu “Falcão Negro em Perigo / Black Hawk Down??? Façam-no assim que possível!).

É uma situação complicada. A Somália vai se transformar em um novo Afeganistão, com um governo Islâmico autoritário e retrógrado? Etiópia e Somália vão entrar novamente em guerra, dessa vez não só étnica como religiosa, pelo controle da região? A resposta para essas indagações não estão comigo. Mas a certeza que carrego é de que muitos jovens irão perder a vida nos próximos anos na região. Os mais sortudos não irão entregar suas vidas, mas serão ainda mais isolados do mundo. Os grandes contrabandistas de armas (bem como os fabricantes e exportadores), terão lucrado através de mais um conflito que arrasa um país e tira a esperança de uma população. E sem um compromisso sério, a Somália nunca irá deixar de ser apenas mais um ponto no mapa-mundi do século XX.

O mundo pode até ser plano, como sustenta Friedman, mas com certeza apresenta realidades bastante distintas.

Uebe Rezeck Filho é membro fundador da organização Gate14 e escreve em nosso site semanalmente.

 



Escrito por Sardinha às 16h12
[   ] [ envie esta mensagem ]




CRISE NO SUDÃO

VAMOS ENVIAR UM CAPACETE AZUL!!!!

"As milícias Janjawid e os soldados chegaram no dia da feira em Abu Jidad. Os soldados bloquearam a feira e a Janjawid entrou para pegar o dinheiro e o gado. Eles mataram várias pessoas. Eu vi os corpos. Algumas foram mortas por armas de fogo, outras por baionetas”.


Ercouri Mahamat, estudante Koranic, do povoado de Abu Gamra, próximo à cidade de Kornoy, ao norte de Darfur.

Anistia Internacional

Vamos abrir os olhos para os problemas que estão acontecendo no mundo. Muitas vezes ficamos distantes dos problemas ou não nos interessamos porque estamos longe, parece que é em outro planete, em outro universo, mas não, esta acontecendo no Sudão, leiam essa excelente matéria feita pela Anistia Internacional, ajudem a divuldar a comentar sobre o problema, sobre o que está acontecendo. Muitas vezes com um pequeno esforço nosso conseguimos ajudar muita gente.

Vamos enviar um CAPACETE AZUL

Proteger a população de Darfur:

 

Apesar da Resolução da ONU que se pede o envio de forças para buscar a paz a Darful, a região oeste do Sudão devastada pela guerra segue sem ter a proteção adequada para milhares de civis a quem estão matando, estuprando e expulsando de suas casas.

 

Continua sem segurança a população de Darful, agora mais do que nunca é preciso forças eficazes para manter a paz e a proteção a frente deste conflito que persiste.

 

Mais de 23.000 pessoas já assinaram a petição da Anistia Internacional pedindo o envio de mais forças de paz, neste momento devemos clamar mais alto do que nunca.

 

Ajude mandando um capacete azul, Clique aqui e ajude!!!! só assinar, vamos conseguir mais 23.000 soldados da força de paz!!!! faça sua parte, tão simples e tão importante!!!! Não custa nada, e quem está lá precisa de você agora.

http://amnesty.textdriven.com/home/index_darfur.php?lang=en

 

Obrigado, Ultreya



Escrito por Sardinha às 16h00
[   ] [ envie esta mensagem ]




SÓ SE VIVE UMA VEZ

Muitas coisas se passam na vida, o tempo passa, as pessoas que conhecemos, os amores, a vida, o tempo, as histórias, o mundo vai se transformando e um questão que me acompanha a muito tempo é como poderia fazer para contribuir de alguma maneira para a humanidade?

 

Afinal logo o tempo se vai, e quando se olha para trás se pergunta, oque eu fiz?? Acumulei riqueza, tive bens, mas e ai?? Oque fez de fato para a vida, para as pessoas? Ajudou a melhorar um pouquinho pelo menos o mundo.

 

Você já sentiu o enorme prazer que é encher o coração de alegria quando se ajuda alguém de total boa vontade sem esperar absolutamente nada em troca? Uma sensação indescritível, algo que palavras ficam pequenas para tentar descrever esse momento.

 

A vontade já mora a muito tempo dentro de mim, mas de repente um estalo e a vontade se tornou iniciativa e comei a procurar programas e instituição mundo a fora para ver de que maneira eu poderia contribuir.

 

A minha idéia parte da grande loucura Salvar o Mundo....

 

O objetivo é sério, é incrível como podemos viver em uma sociedade tão desequilibrada e a questão de ajuda, de observação humanitária parece piada, quando se fala sobre procurar algum caminho que posso ajudar alguém parece demagogia, parece que existe um conceito social que ajudar é uma questão que todos devem achar bonito fazer mas ninguém quer fazer de fato, é muito fácil, ou não, ficar no seu mundinho, viver a sua alegria ou a sua desgraça do que tentar dar um passo para trás para procurar um caminho melhor.

 

É muito mais confortante ficar isolado em um universo egoísta, mesmo que este universo ainda seja muito ruim, mas também para que mudar? Vai que ainda piora, é um conformismo a um não manifesto.

 

Por isso o intuito deste lugar, é de um lugar sério, onde se fala sobre pessoas, sobre vida, sobre preservação, olhar por aqueles que precisam de nossos olhos, debater sem descriminação de pensamentos e idéias e criar um ambiente para aqueles que pelo menos gostariam de ter um pouco de consciência sobre o mundo e gostariam de contribuir com a sua forca e que possam achar aqui as diferentes maneiras mundo afora de poder contribuir, com certeza existe alguém ou algum lugar que precisa exatamente do que você está disposto a oferecer.

 

Enjoy.

Flavio

Escrito por Sardinha às 15h31
[   ] [ envie esta mensagem ]






Escrito por fs0902 às 02h16
[   ] [ envie esta mensagem ]




get together

O objetivo do gate14 é poder desenvolver um trabalho humanitário, unir as pessoas e suas histórias pelo mundo. Poder informar os trabalhos sociais, voluntariado e noticias de todas as partes.

venha fazer parte desse mundo, do nosso mundo.

 



Escrito por fs0902 às 01h55
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Meu perfil
BRASIL, Homem
Outro - gate14@gmail.com
Histórico
  05/11/2006 a 11/11/2006
  29/10/2006 a 04/11/2006


Outros sites
  United Nations
  Portal do Voluntário
  Human Rights Watch
  Anistia Internacional
  Cruz Vermelha
  Cruz Roja America Latina
  Technorati
  blogblogs
Votação
  Dê uma nota para meu blog